Algumas informações úteis que você deve conhecer antes de adquirir uma coifa

Manter uma boa circulação de ar na cozinha é essencial para evitar que o conforto do seu lar seja arruinado pela preparação dos alimentos.
Uma coifa é o equipamento ideal para evitar os odores, a fumaça e o calor em excesso gerados durante este processo. Porém para que isto funcione corretamente você precisa entender a diferença entre os modos de operação de uma coifa e também os seus tipos.
 
 
 
 

Modos de Operação de uma Coifa

Muitos modelos de coifas atualmente apresentam dois modos de operação, e precisamos antes de mais nada esclarecer quais são estes modos:

Modo Exaustor: A principal tarefa de uma coifa exaustora é eliminar os gases e vapores do ambiente provenientes da fritura e/ou cozimento de alimentos.
Neste modo de operação, todo o ar proveniente do preparo dos alimentos será filtrado por uma tela metálica, que irá reter as grandes partículas de impureza do ar. As partículas menores, que normalmente contém os maus odores, serão expelídas para uma área externa junto com o calor do ambiente através de um duto de saída. Desta forma todo o ar do ambiente é completamente renovado durante o funcionamento do equipamento.
Traduzindo isto para o seu dia a dia, a sua coifa irá reter em suas telas as partículas voláteis de gordura e além disto eliminar para a atmosfera os odores desagradáveis, fumaça, vapor e também o calor de sua cozinha.
Este modo de operação é ideal para locais onde haja a possibilidade de instalação de um duto de saída e também para pessoas que utilizam bastante a cozinha.

 

Modo Depurador: A principal tarefa de uma coifa depuradora é filtrar o ar do ambiente.
Este sistema possui uma tela de metal que será responsável por retirar do ar as maiores partículas de impurezas, como por exemplo as partículas de gordura. Em um segundo momento, o ar passará por um filtro de carvão ativado, que será responsável por remover as partículas menores que são as responsáveis pelos odores desagradáveis.
Este sistema se difere do mencionado anteriormente no fato de que o ar filtrado é novamente inserido no ambiente, não havendo desta forma a eliminação do calor gerado e nem a renovação do ar do ambiente.
Este tipo de coifa é ideal para locais que não apresentem um grande volume de uso da cozinha e/ou locais onde seja inviável efetuar quarquer tipo de perfuração para atingir uma área externa através de um duto de saída.

 

 

Tipos de montagem:

Além do modo de operação, também podemos dividir as coifas pelo seu tipo de montagem, que podem ser:

Coifa de Parede:

Tipo mais comum de coifa. É indicada para fogões que foram instalados junto
a parede. Neste caso a coifa também será instalada logo acima do fogão em contato com a parede adjacente ao fogão.

Coifa Tipo Ilha:

Este tipo de coifa é indicada no caso do fogão ter sido instalado no meio da cozinha. Neste caso a coifa é fixada ao teto da cozinha.

Coifa de Canto:

Indicada para fogões que foram instalados entre duas paredes adjacentes.

Coifa Embutida:

Este tipo de coifa é instalado normalmente dentro de um armário, ocultado o equipamento total ou parcialmente.